segunda-feira, junho 13, 2005

De Luto...

Por aqueles que lamentávelmente faleceram...

De Luto pelo "companheiro Vasco"...

De Luto pelo Camarada Cunhal...

De Luto pelo poeta desaparecido, Eugénio de Andrade...

1 Comments:

At 10:08 da tarde, Anonymous betania said...

Meu querido, tem sido demasiadas perdas...e a gente nem tem tempo de se refazer e logo vem outra e outra...realmente tudo que nasce...
MORRE! Só que nós, pensámos na vida ao contrário e estamos sempre a sofrer aquele aperto no coração...Fica bem, gostei muito destas tuas breves palavras. Beijinhos

 

Enviar um comentário

<< Home